O Sindicato dos Auditores Fiscais de Tributos Estaduais do Amazonas (Sindifisco-AM) completa nesta quinta-feira (25/04) 30 anos de atividades e realizou, às 10h, uma Assembleia Geral Extraordinária (AGE), no auditório da entidade (2º andar do edifício Hamilton Pereira da Silva, na rua Franco de Sá, 812, São Francisco, zona centro-sul). Foram escolhidos os auditores fiscais aposentados Eliezer Batista de Aquino para presidir e Edmilson Melo de Oliveira para secretariar.

A pauta da AGE constou de dois itens: a escolha dos delegados que irão participar do XVIII Congresso Nacional do Fisco Estadual e Distrital (Conafisco), que, neste ano, será realizado de 24 a 28 de agosto, em Porto de Galinhas, em Pernambuco, e o sorteio das passagens para associados adimplentes participarem do evento, que é promovido pela Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital (Fenafisco).

Os sorteados foram Marlene Ituassú, Maria do Socorro Doce, Augusto Bernardo Cecílio, Pedro Marcelo Aguiar, Maria das Graças Mártires, Margarida Langbeck, Marcília Campos, Raimundo Gomes da Rocha, Dercyvone Góes e Alcilene Almeida.

Após a escolha dos delegados e dos sorteios das passagens, a palavra foi passada para os ex-presidentes que estavam presentes: Eli Sena, Liberman Moreno, Ricardo Castro e Túlio Sérgio Pinheiro. Em seus discursos, os ex-presidentes enfatizaram a importância de manter a união da categoria e continuar lutando em prol da valorização da carreira de auditor fiscal de tributos estaduais. O Presidente em exercício Roberto Mesquita aproveitou para agradecer ao corpo administrativo do Sindifisco na pessoa da senhora Vanires de Sales Marruche e demais funcionários.

Ao final da AGE, foi oferecido um coquetel de congraçamento para os associados pela comemoração dos 30 anos de atividades do Sindifisco-AM, celebrado nesta data.

Histórico – O Sindifisco-AM foi criado em 25 de abril de 1989, às 9h, na sala 107 da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-AM), quando foi realizada Assembleia Geral da Affeam para decidir sobre a constituição do Sindicato, para congregar, estritamente, os componentes do grupo Fisco.

Na ocasião, foi reconhecida por todos os presentes a necessidade da criação da entidade, sendo formada uma Comissão para iniciar os trabalhos de sua constituição legal e que foi composta por Renê Gomes da Silva, José Heraldo da Silva e Jackson Leda Canindé Corrêa. Depois de cumprida essa etapa, foi realizada a eleição para a escolha da diretoria do Sindicato. O auditor René Gomes foi o primeiro presidente do Sindicato, que hoje já conta com uma lista de 13 ex-presidentes.

A criação do sindicato foi um momento histórico, o primeiro passo para a organização em busca de melhores condições de trabalho e valorização profissional da categoria. A Constituição de 1988 permitiu a organização sindical dos funcionários públicos, que antes era proibida, e os auditores fiscais não perderam essa oportunidade.

Ao longo de 30 anos de história, o Sindifisco-AM cresceu, se organizou e esteve à frente de movimentos importantes para a categoria. Vem atuando de forma séria e comprometida com os interesses dos auditores fiscais, buscando melhores condições de trabalho, planos de cargos e salários e cumprimento dos direitos adquiridos. Hoje, conta com um quadro de mais de 340 associados, entre auditores fiscais ativos, aposentados e pensionistas.